Guia de cuidados com os PÉS

Nossos pés: aliados e companheiros valentes da prática de dança, enfrentam horas de ensaio, sapatilhas de ponta, são responsáveis pelo equilíbrio e fazem muita força. Uma boa prática implica em um pé bem cuidado. Lembre-se: o corpo é nosso instrumento e deve estar bem afinado para funcionar bem!

Para cuidar dessa parte tão importante do corpo de um dançarino preparamos um guia de cuidados para você mantê-los saudáveis e bem cuidados.

Confira nossas dicas!

Unhas
As unhas do pé devem estar sempre bem cortadas, alguns bailarinos preferem um pouco mais longas, outros preferem mais curtas – o fato é que quando você descobre qual maneira se adequa melhor deve cuidar para que ela se mantenha em um comprimento confortável sempre. Isso evita dores e incômodos desnecessários e ajuda na prevenção do grande inimigo: a unha encravada.

Outra dica legal quando se trata de unhas é não pintá-las. Parece estranho, mas assim é possível verificar com facilidade o estado e a textura, evitando que você tenha uma pequena lesão, não perceba e ela acabe se tornando um problemão. Para quem não consegue abrir mão do esmalte vale usar um incolor ou com transparência.

Calos
Ninguém gosta de calos: é fato. Mas eles se formam para proteger partes que estão sofrendo impacto ou pressão, inclusive evitando o aparecimento de bolhas: por isso vale pensar em cuidar deles com um bom hidratante, mas não tentar arrancá-los. Isso pode causar mais lesões em seu pé. Se os calos incomodarem muito procure um podólogo, esse profissional especializado pode auxiliar e indicar a melhor maneira de se livrar deles!

Pés de bebê: quem nunca desejou?

Bolhas
Nossas parceiras de sempre, as bolhas acompanham o bailarino em toda sua vida de dança. Elas aparecem, em muitos casos, por causa do atrito entre o pé e a sapatilha ou sapato e podem ocorrer em todo o pé (embora elas amem ficar nos lugares mais doloridos!). Para aliviar o desconforto você pode cobri-la com bandagem específica para bolhas (algumas tem formato de rosquinha e são super confortáveis) e usar cremes antissépticos. É indicado verificar o calçado que causou a bolha e revesti-lo com algodão ou outro material confortável, assim ela não aparecerá novamente. Se as bolhas aparecem com muita frequência talvez valha a pena comprar um novo par de sapatilhas ou sapatos de um material diferente.

Outra questão importante é se podemos estourar as bolhas: nossa resposta é normalmente NÃO, especialmente se a bolha tiver a coloração vermelha pois indica que há sangue no local e pode haver contaminação.

Pele
Às vezes é preciso agradecer nossos pés pelo suporte (literalmente), para isso faça uma automassagem usando um bom creme hidratante. Lembre-se que os cremes que não tem cheiro têm um potencial de hidratação muito maior. Passe os dedos gentilmente por todo o pé, espalhando uma quantidade generosa de creme. Depois, deite e coloque uma almofada ou travesseiro para deixar os pés em um nível acima da cabeça e permaneça assim até o creme ser absorvido totalmente. Essa posição melhora a circulação, reduz processos inflamatórios e diminui a pressão sanguínea na área – deixando os pés relaxados e prontos para dançar.

Kit básico
Abaixo está uma lista básica de produtos importante para o cuidado com os pés, que devem estar sempre com você:

Cortador de unhas ou tesoura
Curativos de vários tamanhos
Algodão
Protetor ou bandagem para bolhas
Elásticos e fitas extras para sapatilhas
Ponteiras (para quem as utiliza)
Hidratante
Antisséptico

Agora que você já sabe como cuidar bem dos seus pés, caia na dança e não se preocupe!

Obrigada aos sites internacionais dance informa e dance advantage, que foram fonte de inspiração para esse post!

Beijos e arrasem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Dúvidas ou sugestões? Fale com nosso time de suporte online, será um prazer ajudar você!

× Como posso te ajudar?